As 10 questões mais importantes para quem está procurando um intercâmbio

VIAGEM INTERCAMBIO 2

Quando estamos procurando um intercâmbio para estudos, seja curso de línguas, college, graduação ou até mesmo MBA no exterior, vem a nossa cabeça diversas dúvidas. O que naturalmente fazemos é uma busca pela internet listando os passos a serem seguidos ou, até mesmo, reativar um contato com aquele amigo que saiu para intercâmbio no ano passado.

Acontece que nem todas as fontes de busca são confiáveis, bem como nosso amigo pode ter esquecido dos trâmites para efetivar o seu intercâmbio.

Este artigo apresenta os 10 principais questionamentos das pessoas em relação ao processo de efetivação de um intercâmbio. Abaixo listo as perguntas e uma explanação sobre as possíveis respostas, lembrando que cada indivíduo tem características e expectativas diferentes para o intercâmbio que está por vir.

1. Por onde começo?


Essa é uma pergunta frequente que escutamos de nossos clientes. Até chegar a nós, eles já gastaram bastante tempo lendo artigos, vendo vídeos na internet e conversando com parentes e amigos.

Sendo bem enfático em responder o questionamento acima, o início do processo se dá pela definição dos seus objetivos em relação ao intercâmbio, ou seja:

  • Você necessita de uma experiência internacional para melhorar o seu curriculum?
  • Você precisa aperfeiçoar o seu inglês para o mestrado?
  • Você quer conhecer novas pessoas e culturas?
  • Você necessita de inglês para garantir um futuro de maiores possibilidades?

Após respondidas estas questões, você estará apto a definir o próximo tópico.

2. Para onde vou?


Definido os objetivos de seu intercâmbio, já tens condição de estabelecer uma lista de possíveis locais para onde poderá ir.

Muitas vezes a definição se dá em virtude de necessidades intrínsecas a personalidade de cada indivíduo. Algumas pessoas apreciam conhecer cultura da região, então escolhem uma cidade com diversos museus e teatros, outras gostam de esportes ao ar livre, portanto, optam por uma cidade ou país que lhes ofereçam tais atrativos.

Ainda temos aqueles que se preocupam com o questionamento abaixo.

3. Qual é a melhor época para viajar?


Se você é uma pessoa que tem disponibilidade de horário, recomendamos em nossas consultorias personalizadas buscar um local fora dos períodos de alta temporada do país/cidade. Isso se deve a disponibilidade, principalmente, dos custos de estadia e locomoção mais elevados nestas épocas.

Para os clientes que fizerem questão de conhecer novos destinos nesta época, recomendamos que antecipe em, ao menos, 20 dias sua viagem, pois assim conseguirá negociar preços mais vantajosos.

Já para os colleges, universidades e MBAs, temos pequenas restrições em relação ao calendário estabelecido pelas instituições de ensino.

Para você que tem seu tempo restringido a um período específico de férias, por exemplo, e que porventura queira realizar um intercâmbio, existem módulos específicos nas escolas de línguas e cursos intensivos de MBAs para atender as suas necessidades.

Não podemos esquecer-nos de citar um aspecto bem importante: Alguns países possuem um inverno bem diferente do que temos no Brasil e esta pode ser uma grande oportunidade para conhecer a neve. Fica a dica.

 MAPA LOCAIS CONHECIDOS

4. Qual escola devo escolher?


Creio ser esta a pergunta mais importante, pois somente quem já tem experiência em definir o perfil do interessado poderá indicar uma escola/cidade/país que oferecerá todas as opções para atender seus objetivos e necessidades.

Cada instituição tem características e focos diferentes. Umas primam por inovação nos métodos de ensino, outras focam em atividades voltadas aos diversos esportes, já outras focam em oferecer aperfeiçoamento técnico para incluir em seu curriculum. Também, diferentes regiões de um mesmo país poderão lhe proporcionar soluções e opções relevantes aos seus interesses.

Caso queira nos conhecer e dispor de nossa assessoria clique aqui.

5. Onde vou me hospedar?


Após definido seus objetivos, necessidades, escola, cidade/país, o novo questionamento que se apresenta é onde poderei me hospedar de forma segura, confortável, bem localizada e com valores acessíveis.

Pensando em todas estas nuances, os locais mais indicados para hospedagem são os estabelecimentos oferecidos pela própria escola ou universidade selecionada. Elas possuem procedimento de avaliação e equipe específica para validar os locais de hospedagem indicados.

Portanto, o local de hospedagem é garantido quando se escolhe de forma assertiva a escola ou universidade para seu intercâmbio.

6. Qual a documentação necessária?


Aqui podemos separar o questionamento em dois aspectos, a documentação para a viagem e a documentação para a instituição de ensino.

Para a viagem:

  1. Passagem aérea de ida e volta (depende do tipo de curso escolhido)
  2. Passaporte válido.
  3. Visto (caso necessário).
  4. Comprovação das vacinas necessárias (dependendo do destino escolhido).
  5. Cópia da carta de acomodação.
  6. Cópia da carta de recomendação.

Para a instituição de ensino:

  1. Cópia do diploma do ensino médio ou de graduação.
  2. Cópia do histórico escolar.
  3. Cópia do passaporte.
  4. Prova de proficiência na língua do país de destino (caso graduação ou MBA).

Importante frisar que alguns dos documento listados acima deverão ser traduzidos e, em alguns casos, juramentados.

7. Tenho que contratar seguro viagem?


O seguro viagem é obrigatório e poderá ser facilmente contratado. Isso poderá demandar um pouco de conhecimento dos modais de seguros disponíveis no mercado e da legislação vigente em cada país de destino.

Caso tenha interesse, temos plenas condições de lhe indicar a melhor opção para seu seguro de viagem clicando aqui.

 

ESTRADA SINUOSA

8. Como comprovo renda?


A maioria dos países exige que seja comprovado um valor de renda para que o intercambista possa ter acesso na alfândega e ter condições de se manter durante um determinado período. Para tal, a comprovação de um valor proporcional ao tempo de estadia no país se faz necessária.

Na Inglaterra, por exemplo, a pessoa deverá comprovar os rendimentos através da apresentação de um extrato de conta corrente dos últimos 03 meses, compatíveis aos níveis financeiros necessários para a manutenção do intercambista no país.

Esse tópico está condicionado as normativas de cada país através de suas embaixadas, podendo variar de acordo com o período da solicitação do intercambista.

9. Como consigo dinheiro do país de destino aqui no Brasil?


Hoje existe uma grande diversidade de locais onde são disponibilizados o câmbio de moedas internacionais. De forma geral, os grandes bancos brasileiros possuem opções para realizar o câmbio de real para a moeda corrente do local de destino.

Também, existem casas de câmbio em diversas cidades do Brasil que podem fazer este tipo de operação. Outros locais onde encontramos bancos e casas de câmbio são nos aeroportos internacionais, seja na partida ou no destino. Recomendamos que faça a aquisição de moeda aqui no Brasil antes do seu embarque, devido a facilidade de comunicação (caso não for fluente na língua do país de destino).

Caso fores para um país com menos fluxo de turistas/intercambistas, as opções de troca de espécie poderão não ser tão fáceis de encontrar. Um local mais provável de encontrar é nos aeroportos que possuem voos regulares para o destino.

Se nem assim tiver sorte, recomendamos que seja levado consigo dólares americanos, para que quando chegares ao seu destino consigas trocá-lo em uma casa de câmbio no próprio aeroporto. Isso faz com que tenha um custo maior devido as taxas de câmbio de cada banco ou casa de câmbio, porém lhe dará mais segurança em relação a chegada no país de destino.

10. Qual é a melhor opção para o intercambista: Fazer tudo sozinho, consultar uma agência de intercâmbio ou contar com auxílio de uma assessoria especializada?


Para finalizar o artigo e explanar mais um dos pontos inquisidores na hora de escolher o melhor caminho a seguir para o seu intercâmbio, abaixo listamos as 03 possibilidades para realizá-lo:

Fazer tudo sozinho

Pode parecer tentador e fácil organizar todos os detalhes de um intercâmbio. É inegável que hoje temos mais informações disponibilizadas de forma gratuita em diversos meios de comunicação. Porém é importante lembrar que existem alguns detalhes que dão robustez ao processo e que são facilmente identificadas pelas pessoas treinadas para tal, principalmente quando de sua chegada na alfândega do país de destino.

Consultar agências de intercâmbio

Essas agências possuem muitas opções de atendimento e canais de comunicação, porém lhes faltam, em muitas vezes, o entendimento específico da necessidade do cliente. Elas acabam por ofertar pacotes prontos, sem atentar para os objetivos de cada pessoa.

Assessoria especializada

Como diretriz geral, possui foco em relação ao cliente e pode oferecer um pacote personalizado após entender e necessidade do mesmo. Em geral contam com diversas opções de escolas e universidades com grades que se adaptam a realidade do cliente.

Conclusão


Por fim, acredito que o mais interessante seja você entender quais são seus objetivos e necessidades com o intercâmbio. Feito isso, os demais questionamentos que serão gerados no decorrer do processo poderão tranquilamente serem resolvidos.

Caso opte por uma assessoria personalizada que poderá lhe garantir o melhor suporte para que tenhas tranquilidade e assertividade em relação ao seu intercâmbio, nos colocamos a disposição para uma consulta sem custo clicando aqui.

Agradeço pela sua atenção.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *